Sapato social sem meias: saiba quando e como usar

Embora as meias sejam algo comum no dia a dia, existem visuais que permitem deixarmos elas de lado. Mas para entrar no mundo sockless, é necessário entender como utilizar um sapato sem meia e seguir algumas dicas básicas para evitar o mau cheiro e outras situações inconvenientes.

Bom, esta idéia de sapatos sociais sem meias surgiu nos anos 90 como um movimento “anti-moda”, meio rebelde.

Então os estilosões da época pensaram: Como assim mocassim com meias? Como assim sider com meias? Pra que meias e sapato social?

Pô, do cacete esse pensamento questionador, né?

E foi aí que lançaram esta moda e durou um tempo, mas acabou caindo no esquecimento mas depois dos anos 2000, lá pra 2005/2006 acabaram voltando!

Há algum tempo que eu já uso este estilo nestas terras tupiniquins mas foi no período em que morei em Paris que eu vi a força disso. Usa-se muito! Digo que até mais que com meias! haha

Daí agora eu vou mostrar pra vocês uns estilão maneiro pra você parar de torcer o nariz e começar a usar:

sapato-sem-meias-mpm

sapato-sem-meias-mpm

sapato-sem-meias-mpm

sapato-sem-meias-mpm

Mas aí você pensa:  E o chulé, como que fica? Bom aí é a higiene pessoal, talco antisséptico ou meias invisíveis. Tem umas aí que não aparecem mesmo! só pesquisar!

É verdade que os sapatos podem revelar sua personalidade?

Estava lendo este post no blog da Super Interessante que diz que os Sapatos revelam a personalidade das pessoas — raso por sinal —, resumindo um estudo americano sobre o assunto. Bom, como disse, o post não é bom mas investi algumas horas para refletir sobre o assunto.

Importante: leia-se sapatos como calçados, sejam quais forem, como tênis, botas, sapatos, drivers, mocassins, loafers, chinelos, sandálias, etc.

É isto mesmo. Seus sapatos podem dizer sobre alguns traços da sua personalidade. Até parece óbvio, mas e daí? Então você pensa: não estou nem aí pra isso, cara. Pense o que você quiser!

Sinto informá-lo que não é assim que você deve agir com sua imagem, caro colega. O lance é mais profundo e você é de fato a sua imagem. As pessoas te conhecem pelo o que elas vêem e escutam de você.

Então pensemos: Numa escala, sua aparência é a principal, afinal, é a primeira coisa que as pessoas vêem em você: seu estilo.

Numa outra escala, aonde entra a importância dos sapatos? As primeiras coisas que as pessoas percebem é seu rosto e seus sapatos, isto é padrão ainda que chamemos a atenção para outras partes. É tipo aquele lance de dizer que a fulana me olhou de cima em baixo. Somos imagéticos, a imagem é muito importante para a nossa compreensão, é por isto que o estilo diferencia as pessoas.

É claro que não estou dizendo que você deve ser todo engomadinho usar sapatinhos limpinhos, etc. Nada disso.

O que estou dizendo é que você deve entender seu estilo, sua personalidade e potencializá-la. Você pode ser punk, roqueiro, sambista, playboy, dandy, alternativo, não interessa. Saiba que seus sapatos serão observados e avaliados de acordo com seu estilo.

Não adianta chorar, irmão. As pessoas julgam mesmo! E você também, mesmo que não queira.

Fica a dica aí, galera! E aí, estilão foda, é ou não é?

Quer receber conteúdos exclusivos gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.